sexta-feira, 16 de março de 2012

Reflexão: Sobre a Conduta Teológica



"Ainda que eu fale as línguas dos Reformadores e dos teólogos profissionais, se eu não tiver fé pessoal em Cristo, minha teologia não será nada além de uma barulhenta batida de uma corda de tambor.

E ainda que eu tenha poderes analíticos e o dom de criar coerentes sistemas conceituais de teologia, de modo a eliminar objeções liberais, se eu não tiver esperança pessoal em Deus, nada serei.

E ainda que eu me proponha a resolver o debate entre supra e infralapsarianismo, e defender a inerrância, e aprender o Catecismo de Westminster, sim, até mesmo o Maior, de modo que o recite cor, de frente para trás e de trás para frente, e eu não tiver amor, nada disso me valerá".

(Kevin Vanhoozer)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!